Ciências e Tecnologia » Meio Ambiente e Sustentabilidade » Água em pó | A chuva sólida seria a solução para a estiagem?

Água em pó | A chuva sólida seria a solução para a estiagem?

Recentemente ouve uma grande especulação a cerca de um material conhecido como chuva seca, chuva sólida ou água em pó, uma espécie de gel que é capaz de armazenar água por longos períodos de tempo liberando pouco a pouco suprindo assim as necessidades dos vegetais.

O que é a água em pó ou chuva sólida?

O material foi desenvolvido na década de 70 pelo USDA (departamento de agricultura dos Estado Unidos ), porém sua maior aplicação inicial foi o uso em fraldas devido a sua extrema capacidade de absorção, porém há 10 anos o engenheiro químico mexicano Sérgio Jesus Rico Velasco teve a ideia de utiliza-lo na agricultura. Velasco então patenteou a fórmula e vem vendendo ela pelo mundo desde então.

Água em Pó - Chuva Sólida - Chuva Seca

Segundo Velasco as moléculas de água aderem ao poliacrilato de potássio, que é um tipo de açúcar branco em pó, que os pesquisadores chamam de água-silos,  é fluido gelatinizado. Para cada quilo dessa fórmula é solidificar a 500 litros de água, o equivalente a meia tonelada de chuva contínua.

O engenheiro ainda afirma que, segundo testes do governo mexicano o produto é capaz de ampliar a produtividade das colheitas em cerca de 300% quando misturada ao solo, ele recomenda a proporção de 50 kg do produto para cada 10 mil hectares (10 km^2), o que culmina num custo de aproximadamente R$3.500 reais.

Controversas quando a eficácia da água em pó

Há afirmações de especialista que negam a eficácia do produto, como a da professora Linda Chalker-Scott, da Universidade do Estado de Washington, que afirma:

“Não há evidência científica que sugira que eles armazenem água por um ano”

Segundo ela, a Chuva Seca pode sugar mais água do solo, prejudicando a irrigação das plantas. Além do mais, adubos feitos com lascas de madeira seriam capazes de produzir quase o mesmo efeito e são mais baratos.

Porém Velasco rebate a afirmação alegando que a durabilidade do produto é consideravelmente menor:

“Os outros concorrentes não duram três ou quatro anos. Os únicos que duram tanto são os que usam sódio em suas formulas, mas eles não absorvem tanto.”

Quanto aos possíveis impactos ambientais Velasco afirma que a Chuva Sólida é natural e não prejudica o solo, mesmo após ser usada por vários anos. Ele afirma que o produto não é tóxico e que, ao se desintegrar, o pó se torna parte das plantas.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Equipe de Redação Ciências e Tecnologia

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Chuva seca, chuva sólida ou água em pó, um gel capaz de armazenar água por longos períodos de tempo liberando aos poucos suprindo necessidades dos vegetais.