Ciências e Tecnologia » Biologia » Pesquisa mostra que plástico industrial pode programar obesidade em bebês

Pesquisa mostra que plástico industrial pode programar obesidade em bebês

Pesquisadores demonstraram que o Butil Benzil Ftalato (BBP) – produto químico usado em equipamentos na industria de alimentos – pode aumentar as reservas de gordura no corpo, mesmo antes do nascimento. O estudo foi publicado no Journal of Molecular and Cellular Endocrinology.

Na prática, isso significa que o plástico usado nos equipamentos industriais que processam os alimentos, ou até mesmo nas embalagens que os armazenam, pode estar contaminando alimentos e programando nossas células para se transforarem em gordura, principalmente em nossos bebês.

No estudo, liderado por Mahua Choudhury, Ph.D. e professor assistente na Texas A & M Health Science Center Irma Lerma Rangel College of Pharmacy, foram usadas células-tronco de animais para identificar alterações no epigenoma da linha de células estaminais quando expostas ao BBP quando comparado com as células do grupo de controle que não foram expostas ao BBP, as linhas celulares expostas a níveis cada vez mais elevados de BBP também mostraram níveis ainda mais elevados de adipogénese – o processo pelo qual as células de gordura se desenvolvem – níveis que foram cinco vezes mais elevados dependendo da dose.

“Ficamos muito surpresos com os resultados”, afirma Choudhury. “Sabíamos que encontraríamos algum aumento, mas nada tão dramático.” As células estaminais são células indiferenciadas, capazes de tornar-se células especializadas diferentes. Devido a isso, mudanças epigenética observados nas células estaminais dos animais, podem afetar não apenas um adultos expostos ao BBP, mas também um feto em desenvolvimento.”

o plástico usado nos equipamentos industriais que processam os alimentos, ou até mesmo nas embalagens que os armazenam, pode estar programando nossas células para se transforarem em gordura, principalmente em nossos bebês.

O estudo envolveu a exposição das células estaminais animais em diferentes concentrações de BBP. Enquanto os resultados foram impressionantes, os pesquisadores foram rápidos em observar que eles ainda não podiam ser aplicados a uma população humana. “Estes resultados são importantes, mas eles são apenas o primeiro passo para um estudo mais aprofundado”, adverte Choudhury.

Ftalatos e exposição humana

BBP é parte de uma família química chamados ftalatos, que são tipicamente usados para fazer plásticos macios e maleáveis. Enquanto o BBP é usado em muitos produtos de consumo, tais como tapetes e pisos de vinil, a exposição humana primária vem do consumo de alimentos. O BBP não é utilizado diretamente na preparação dos alimentos como ingrediente, porém é usado nas correias transportadoras e acessórios de plástico sobre as máquinas utilizadas para processar muitos alimentos industrializados. Alimentos esses que ficam contaminados pelo BBP e podem estar causando obesidade em humanos.

O BBP é proibido em todos os brinquedos e artigos de puericultura na União Europeia (UE). Enquanto os Estados Unidos estabeleceu limites sobre a quantidade de BBP permissível em certos produtos de consumo.

A obesidade epidemia & epigenética

Mais de um terço dos adultos americanos são obesos, e as doenças relacionadas com a obesidade, incluindo diabetes tipo 2, derrame e doenças cardíacas, têm aumentado exponencialmente junto com o aumento das taxas de obesidade. Esta epidemia custa ao sistema de saúde dos Estados Unidos cerca de 190 bilhões de dólares por ano, de acordo com a ultima estimativa.

A epigenética é o estudo de como o ambiente, incluindo produtos químicos ambientais, podem alterar a expressão do gene, sem alterar o código genético. Pesquisas anteriores já haviam associado mudanças epigenéticas com taxas de obesidade e doenças relacionadas com a obesidade crescente.

Ao passo que os ftalatos têm sido recentemente associados com a obesidade, mas esta foi a primeira vez que um estudo forneceu alguma evidência do mecanismo pelo qual BBP pode causar acúmulo de gordura e programar a célula-tronco a se tornarem tecido adiposo através de um equilíbrio epigenética.

Referências

SONKAR, Ravi; POWELL, Catherine A.; CHOUDHURY, Mahua. Benzyl butyl phthalate induces epigenetic stress to enhance adipogenesis in mesenchymal stem cells. Molecular And Cellular Endocrinology, [s.l.], p.25-38, maio 2016. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/j.mce.2016.04.025.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Equipe de Redação Ciências e Tecnologia

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

O BBP, plástico usado industria de alimentos pode estar programando nossas células para se transforarem em gordura, principalmente em nossos bebês.