Ciências e Tecnologia » Biologia » Candiru e Pacu “Arranca-testículos” : perigo para os banhistas

Candiru e Pacu “Arranca-testículos” : perigo para os banhistas

Também conhecido como peixe vampiro, vive em água doce encontrado principalmente por toda a extensão do rio Amazonas e dos afluentes do rio Madeira. O Candiru é um parasita, mais temido que as famosas piranhas. Essa espécie de peixe tem formato alongado, comparado a de uma enguia, porém alcançam no máximo 18cm de comprimento. Temido pela população ribeirinha do norte do Brasil, esse animal pode causar sérias dores e problemas complicados no organismo em que se hospeda.

O perigo do peixe Candiru

Com o formato do corpo aerodinâmico, esse parasita é veloz, e atraído pelo cheiro e fluxo da urina de banhistas que se arriscam a nadar nus por essas águas. Quando atraído, ele penetra no hospedeiro pela uretra, anus e vagina. Ao se instalar nas regiões genitais, ele abre as nadadeiras em formato de ‘guarda-chuva’ o que impossibilita a saída desse parasita do organismo. Uma vez dentro do corpo, ele se alimenta de sangue e só pode ser removido através de cirurgia.

A foto mostra o tamanho dos pequenos peixes Candirus que penetra na uretra, anus ou vagina humana

Pequenos Candirus

Casos de vítimas de acidente com o peixe Candiru

Um dos casos mais famosos de vítima do Candiru foi Silvio Barbosa em 1997. O corpo do homem foi encontrado em um rio na cidade de Manaus e dentro do corpo do rapaz foram retirados alguns Candirus que se alimentavam de suas vísceras.

Candiru Em 2012, quatro vítimas tiveram complicações com o Candiru segundo informações da TV Mirante. Os banhistas frequentaram o rio Tocantins e a Praia do Cacau em Imperatriz.

Vítimas deste parasita, caso não procurem ajuda médica, podem sofrer com hemorragias sérias e infecções que podem levar a óbito. Portanto as precauções são evitar banho em rios da região norte do país, inclusive se você estiver usando roupas de banho ‘folgadas’ ou estiver nadando sem elas!

 O Pacu ‘Arranca-testículos’

Outro problema comum que alguns países vêm enfrentando com peixes prejudiciais para a integridade física da população é referente ao apelidado ‘Pacu Arranca-testículos’. Esses peixes causam terror em águas mundiais. De acordo com a Universidade de Copenhagen, autoridades da Suécia emitiram um alerta para banhistas da região sul do país evitarem algumas regiões para se refrescar na água ou no mínimo nadar com roupas.

Essa espécie de peixe pode chegar a 25 quilos, é nativa da América do Sul e não costuma atacar humanos. Porém sua alimentação baseia-se em sementes e nozes, sendo possível que esses peixes confundam a anatomia humana com a refeição.

Além da Suécia, Brasil e Papua- Nova Guiné, os Estados Unidos também já registraram a ocorrência de ataque do peixe em um lago de Illinois.

Pacu Arranca-testículos

Pacu Arranca-testículos

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Thiago Cardoso

Estudante de Engenharia Ambiental Curte viajar pelo Brasil, apreciar e registrar as mais belas imagens naturais do país e conhecer modos de vida diferentes.

Um comentário

  1. Eu conheço um bonito travesti brasileiro que mora em Paris. Ele sempre me conta que ele foi obrigado a fazer a operaçao da vagina e virar mulher depois de um ataque de pacus numa praia de Santarém, que além de comer suas bolinhas, comeram também o talo. Os pacus primeiro atacaram os seus testiculos, pois ele fazia nudismo e estava numa boa nadando. Até sair da agua gritando, meu amigo ja estava sem as bolitas e outros pacus ja tinham começado a morder as bolas grandes de silicone no peito dele. Foi um terror.

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

O Candiru é um parasita, mais temido que as famosas piranhas. Essa espécie de peixe tem formato alongado. Outro problema é o Pacu 'Arranca-testículos'