Ciências e Tecnologia » Astrofísica e Astronomia » Cauda do Sistema Solar é Descoberta Pelo IBEX

Cauda do Sistema Solar é Descoberta Pelo IBEX

Cauda do Sistema Solar

Ilustração feita pela NASA da suposta cauda que envolve o sistema solar

Sempre foi especulado que nosso sistema solar possuiria uma cauda em torno da heliosfera, e recentemente pesquisadores anunciaram evidências da cauda do sistema solar.

O sistema solar se arrasta ao longo de uma cauda longa, a cauda do sistema solar apresenta aparência em espiral, e segundo os pesquisadores é como ele se move através da galáxia, os pesquisadores anunciaram em 10 de julho em uma conferência de imprensa no Astrophysical Journal.

Segundo os astrônomos da Nasa os cientistas sempre presumiram que havia tal cada, porém é a primeira vez que surgem dados para comprovar isso, A descoberta vem de dados obtidos pelo Interstellar Boundary Explorador ou IBEX, um satélite lançado em 2008. Ela traça as trajetórias de átomos rápidos que se originam na periferia do sistema solar antes de começar a colidir com partículas carregadas do sol. A distribuição desses átomos ajuda os cientistas a mapear os limites da heliosfera, a bolha que contém os planetas e outros materiais do sistema solar e é inflada por partículas que continuamente jorram para fora do sol.

Características da Cauda do Sistema Solar

A seção transversal da cauda do sistema solar se assemelha a um trevo de quatro folhas, com dois grupos de partículas solares e duas de partículas de alta velocidade. Os dados também revelam que a forma de trevo é achatada e torcida por campos magnéticos galácticos que atuam sobre o sol, uma vez que zumbidos através da Via Láctea em viajam em torno de 84.000 km por hora – os mesmos campos magnéticos fazem com que se forme uma faixa gigantesca de partículas carregadas para envolver a borda da heliosfera.

Segundo a equipe IBEX não foi possível determinar o comprimento exato da cauda, ​​disse o pesquisador principal David McComas do Southwest Research Institute em San Antonio, mas estima-se em 150,000 milhões km, ou 1.000 unidades astronômicas (1.000 vezes a distância entre a Terra e o sol). A equipe planeja ver se a forma da cauda muda conforme a variação da atividade no sol.

Fonte: www.cnn.com

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Equipe de Redação Ciências e Tecnologia

2 Comentários

  1. João Camara

    A matéria escura do universo não seria o sexto estado da matéria?

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Nosso sistema solar possuiria uma calda em torno da heliosfera, pesquisadores anunciaram evidências da cauda do Sistema Solar baseado em observações do IBEX