Ciências e Tecnologia » Biologia » Cubomedusa – Vespa-do-mar | O perigo do mar australiano

Cubomedusa – Vespa-do-mar | O perigo do mar australiano

Nesse artigo falaremos sobre um dos animais mais venenosos do mundo as cubomedusas australianas também conhecidas como vespa-do-mar ou box Jellyfish. Em um dos mais belos e ricos continentes do planeta Terra (diga-se em biodiversidade) alguns riscos devem ser levados em consideração por turistas e viajantes desinformados que pretendem visitar ou mudar-se para a Oceania, precisamente nas áreas costeiras e litorâneas da Austrália e nas demais ilhas adjacentes que completam o continente.

Com 34218 km de litoral, a Austrália, principal nação do continente não abriga apenas alguns milhares de cangurus, – que certamente vivem causando acidentes nas estradas ao colidirem com automóveis – crocodilos gigantes de água salgado, peixes venenosos, tubarões e uma espécie de polvo muito peculiar de anéis azuis com uma toxina extremamente perigosa. É claro que com a grande barreira de corais não tão longe das praias a biodiversidade de seres vivos vivendo na região é imensa, mas o que pode ser maravilhoso para mergulhadores profissionais e amadores pode tornar-se desespero para banhistas que frequentam as praias. O motivo? O perigo esta bem perto das margens salgadas onde crianças se divertem ao sol de verão: as temidas cubomedusas australianas (Box Jellyfish) também conhecida popularmente como vespa-do-mar.

vespa-do-mar-cubomedusa-jellyfish

O perigo da Cubomedusa ou Vespa-do-mar

perigo-mar-australiano-cubomedusas-vespa-do-marConsiderada por muitos cientistas e biólogos o animal mais venenoso do mundo as cubomedusas tem uma ‘dose’ mortífera 500 vezes mais potente que as caravelas portuguesas – também pertencentes a espécie dos cnidários encontradas em algumas praias brasileiras.

A toxina carregada pela vespa-do-mar é letal se não tomadas as providências corretas em caso de acidentes em cerca de 30 minutos. O tamanho de sua parte corpórea é relativamente pequeno em formato ‘meio quadrado’ , porém seus tentáculos por onde é liberado a toxina podem ter 5 metros de comprimento o que dificulta a identificação dessa criatura pelos banhistas que podem estar razoavelmente longe da parte visível da medusa que flutua próximo a superfície , embora próximo de sua arma mais letal – os tentáculos.

O veneno da vespa-do-mar pode destruir a vida de cerca de 60 pessoas adultas ou um animal de 3500 quilos. Ao entrar em contato com a pele, a substância urticante se dissolve nos glóbulos vermelhos do sangue, a respiração se descontrola (chega a sufocar), o sistema linfático cessa, os batimentos cardíacos aceleram até levar a vítima a parada cardiorrespiratória. Em caso de acidentes deve-se aplicar a massagem cardíaca imediatamente , se possível aplicar vinagre sobre a queimadura e acionar a emergência. Porém mesmo com tratamento e cuidados imediatos a cada 10 vitimas da vespa-do-mar, 3 vão a óbito.

Nas praias de todo o continente existem placas alertando sobre a presença das cubomedusas na água e a população local anda sempre preparada com porções de vinagre para auxiliar as vitimas principalmente no verão com o aumento do número de banhistas, e devido as águas mornas o aumento do número de população da vespa-do-mar, que se aproxima da costa em busca de pequenos crustáceos para se alimentarem.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Thiago Cardoso

Estudante de Engenharia Ambiental Curte viajar pelo Brasil, apreciar e registrar as mais belas imagens naturais do país e conhecer modos de vida diferentes.

3 Comentários

  1. Ana Gabriela Vital

    adorei vai me ajudar com o canal de estudos do youtube quem quiser velo ainda não existe mais vai existir nesse sábado dia 12/6/14 espero que vocês curtam ele, o blog será feito no dia 18/6/14, espero q vocês curtam também, o site do Facebook ter d esperar um pouco mais não sei quanto vou o fazer

  2. kesia santos

    não adiantou nada

  3. eu sou fascinada pelo perfeição das quase imortais águas-vivas mas tenho muito medo. Já fui pega por duas águas vivas mas por sorte eram pequenas e causaram uma “queimadura” leve.

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

As cubomedusas também conhecidas como vespa-do-mar ou Box Jellyfish são o perigo do mar australiano devido ao seu veneno considerado o mais forte do mundo.