Ciências e Tecnologia » Meio Ambiente e Sustentabilidade » Dessalinização | O processo de dessalinização da água

Dessalinização | O processo de dessalinização da água

As últimas da estiagem e da falta de água no estado de São Paulo e alguma outras regiões do Brasil suscitaram  um processo relativamente novo para nós, mas já realizado em diversos lugares do mundo: a dessalinização da água do mar.

O processo de retirada do sal e elementos da água marinha pode ser mais complexo do ponto de vista estrutural quando falamos em abastecer cidades e populações inteiras, mas grosso modo são dois os processos principais para a retirada dos sais:

  • Destilação multiestágios
  • Osmose reversa

A osmose tem sido mais utilizada como alternativa para dessalinização em cidades do mundo inteiro – várias cidades e capitais do Oriente Médio utilizam o processo, assim como ilhas caribenhas e até mesmo pequenas cidades norte-americanas.

Navios e embarcações também se valem desse e outros processos para purificar água e reabastecer os tanques para o consumo da tripulação.

Apesar de mais popular nos dias de hoje, a maior planta de dessalinização do mundo, ao norte de Israel,  na cidade de Hadera, usa o processo de destilação em vários estágios para retirar o sal e purificar 300 milhões de metros cúbicos de água ao ano. O país é um dos mais avançados do mundo nessa área e cerca de 15% de toda a água do país já é retirada dos oceanos.

processo-de-dessalinizacao-da-agua

Planta de Dessalinização de água do mar em Barcelona

O processo de destilação é feito do modo que conhecemos, mas em multiestágios – sendo realizadas várias etapas de ebulição e condensação.

Outros processos de dessalinização da água e o futuro

Há ainda outros processos em desenvolvimento ou até mesmo utilizados em menor escala. Variações da destilação, realizada em fornos solares ou com outras formas de combustível, processos de congelamento e separação, ainda muito caros para serem realizados em grande escala e também novos processos envolvendo o uso de eletricidade ou até mesmo mesmo separação magnética em determinados casos.

Ainda assim, a destilação multiestágios e a osmose reversa representam 90% do mercado mundial de dessalinização da água para consumo – que já conta com quase 15 mil usinas em todo o planeta.

No futuro, novos processos devem ser desenvolvidos para aproveitamento de uma fonte de água salobra, mas que pode ser convertida em água potável, de forma muito mais extensa do que os atuais recursos de rios e reservatórios.

A dessalinização de água no Brasil

Bom, apesar de cientificamente simples, o processo de dessalinização da água pode 5 ou 10 vezes mais caro do que outras alternativas de geração de água para o consumo. O desafio é o custo e várias universidades brasileiras realizam constantemente experimentos no setor.

Pelo menos nove estados brasileiros, ainda assim, já contam com sistemas de dessalinização como apoio para a produção de água potável para comunidades. O processo é usado tanto para purificar a água do mar, como ocorre em Fernando de Noronha, como para reter sais na água retirada de poços de água salobra no sertão de estados como o Ceará.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Equipe de Redação Ciências e Tecnologia

2 Comentários

  1. E como funciona o sistema de osmose?

  2. Haroldo Almeida

    Faltou citar a descoberta de um pesquisador de Santa Catarina que desenvolveu um processo totalmente novo de dessalinização da água com Bambu, o processo gera muito pouco resíduo, mais rápido, barato e é nacional.

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Dessalinização da água, é o processo de retirada do sal e elementos da água marinha pode ser mais complexo do ponto de vista estrutural. Conheça as técnicas