Ciências e Tecnologia » Biologia » Monóxido de Dinitrogênio | Gás do riso ou hilariante

Monóxido de Dinitrogênio | Gás do riso ou hilariante

Gás hilariante ou gás do riso é uma substância que provoca a sensação de euforia e efeitos anestésicos quando inalada, podendo também, causar náuseas e perturbações motoras. Trata-se de um óxido molecular de fórmula N2O, chamado de óxido nitroso ou monóxido de dinitrogênio.

O N2O foi obtido pela primeira vez por Joseph Priestley (1773-1804), que logo percebeu algumas de suas propriedades: aroma levemente adocicado, razoável solubilidade em água (devido à sua polaridade) e um gás capaz de reavivar a queima de madeira em brasa, característica adquirida quando o mesmo se decompõe em N2 e O2, sendo o gás oxigênio o responsável pelo avivamento das chamas.

SorrisosJoseph Priestley, químico inglês verificou que o gás provocava uma sensação agradável ao ser inalado. Assim, não demorou muito para que a substância passasse a ser “cheirada” durante festas. Em 1844, o dentista americano Horace Wells percebeu que o gás tinha efeito anestésico por acaso: numa festa, Wells reparou que um dos convidados que havia inalado o óxido nitroso se machucou, mas não demonstrava sentir dor. Curioso, o dentista resolveu testar a substância e foi o primeiro paciente a ter um dente extraído após inalar o gás. Dessa forma, o gás passou a ser utilizado com finalidades anestésicas, embora a inalação exagerada cause confusões mentais sérias!

Gás do riso – Mecanismo químico da ação anestésica:

Em cinco minutos o óxido nitroso já aumenta a tolerância à dor

1. Por meio de uma máscara, o paciente inala uma mistura de óxido nitroso e oxigênio  no máximo com 70% de óxido. Esses dois gases saem de cilindros e a proporção da mistura é controlada pelo dentista.

2. Após ser inalado, o gás alcança os pulmões. Como a substância tem grande capacidade de expansão, ela passa pelos alvéolos pulmonares e cai na corrente sanguínea.

3. Rapidamente o gás começa a circular pela corrente sanguínea e ruma em direção ao sistema nervoso central, onde o óxido nitroso passa a agir cerca de 5 minutos após ser inalado pela pessoa.

4. A ação do gás é no córtex cerebral, região relacionada aos sentimentos de medo, ansiedade e autocensura. Acredita-se que ele reduza as transmissões nervosas no córtex. Uma eventual vontade de rir à um efeito secundário. O mais importante no consultório é que o gás relaxa o paciente e aumenta sua tolerância à dor, agindo como um anestésico.

IMPORTANTE: O efeito do riso é causado pelo relaxamento dos músculos faciais. Assim, o semblante calmo e tranquilo remete a sorrisos. Por isso, gás do riso ou hilariante.

Aplicação da indústria automobilística:

Outra aplicação para essa substância está no melhor desempenho dos motores. Na indústria automobilística, ele é popularmente conhecido como NOS (Nitrous Oxide Sistem) ou simplesmente nitro. Em temperaturas superiores a 300°C, o gás pode se decompor em N2 e O2, conforme citado no início do texto. Graças a decomposição, mais oxigênio gasoso fica disponível para garantir mais índice de combustão dos combustíveis, o que leva a um aumento de potência do motor.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Mailson de Queiroz

Químico e amante dessa ciência, assim como tudo que se conecta a ela... Mestre em Engenharia de Materiais e um professor que acredita na força de educação para mudar o mundo... Enfim, louco por ciências, apaixonado pelo conhecimento e, acima de tudo, cada vez mais um eterno aprendiz...

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


Gás hilariante ou gás do riso é uma substância que provoca a sensação de euforia e efeitos anestésicos quando inalada, podendo também, causar náuseas e