Ciências e Tecnologia » Biologia » Nova droga previne diabetes tipo 1 antes da doença começar

Nova droga previne diabetes tipo 1 antes da doença começar

Cientistas TSRI (Florida campus of The Scripps Research Institute), testaram com sucesso um composto sintético eficaz o bastante para prevenir a diabetes do tipo 1 em teste com animais.

“Os animais utilizados em nosso estudo nunca desenvolveram taxas de açúcar elevadas no sangue, que é um sintoma comum da diabetes, e danos às células beta que foram significativamente reduzidos em comparação aos animais que não haviam sido tratados com o nosso composto”, afirma Laura Solt, PhD, e bióloga do TSRI, que foi a principal autora do estudo.

A diabetes tipo 1

diabetes-tipo1-novo-medicamento

O diabetes tipo 1 é uma consequência da destruição autoimune das células beta produtoras de insulina no pâncreas.

Nesse quadro clínico, o corpo começa a atacar as células responsáveis pela produção de insulina, pois deixa de “reconhecer-las” como parte do organismo do paciente. O diabetes tipo 1 afeta aproximadamente de 5 a 10% dos pacientes com diabetes. O diabetes tipo 1 pode se manifestar por fatores hereditário como por exemplo, herança genética ou em conjunto com outros fatores do ambiente como infecções virais.

Embora o tratamento padrão para a doença tem como objetivo substituir a insulina perdida, em vez disso o novo estudo concentra-se na possibilidade de impedir a devastação inicial causada pelo sistema imunológico – parar a doença antes mesmo de começar.

Novo composto contra a diabetes

No estudo, publicado na edição de março/2015 da revista Endocrinology, os cientistas testaram um composto experimental conhecido como SR1001 em animais diabéticos não obesos. O composto foca em um par de receptores nucleares (RORα e RORγ) que desempenham um papel crítico no desenvolvimento de uma população específica (Th17) de células imunológicas associadas à doença.

“Como as células Th17 têm sido associadas a uma série de doenças autoimunes, incluindo a esclerose múltipla, nós imaginamos que o nosso composto pode inibir as células Th17 na diabetes tipo 1 e, eventualmente, interferir com a progressão da doença”, diz Solt. “Nós estávamos certos.”

Os pesquisadores descobriram que o SR1001 eliminou a incidência de diabetes e reduziu a infamação no pâncreas. O composto suprimiu a resposta imunitária, incluindo a produção de células Th17, mantendo ao mesmo tempo os níveis de insulina normais; também aumentou a frequência da expressão de Foxp3 em células T, que controla o desenvolvimento e função de um tipo de células imunitárias conhecidas como células T reguladoras.

Solt observa que o estudo sugere fortemente que as células Th17 têm um papel patológico no desenvolvimento da diabetes tipo 1 e a utilização de compostos sintéticos ROR conduzidos a este tipo de célula pode ser terapia preventiva em potencial para a diabetes de tipo 1. “Certamente abre a porta para olharmos outras áreas”, disse ela.

Referencias

  1. Laura A. Solt, Subhashis Banerjee, Sean Campbell, Theodore M. Kamenecka, Thomas P. Burris. ROR Inverse Agonist Suppresses Insulitis and Prevents Hyperglycemia in a Mouse Model of Type 1 Diabetes. Endocrinology, 2015; 156 (3): 869 DOI: 10.1210/en.2014-1677
Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Equipe de Redação Ciências e Tecnologia

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Cientistas testaram com sucesso um composto sintético eficaz o bastante para prevenir e suprimir a diabetes tipo 1 antes dos sintomas se manifestarem.