Ciências e Tecnologia » Tecnologia » Computação » Nova fibra ótica atinge 255 Terabits por segundo de velocidade

Nova fibra ótica atinge 255 Terabits por segundo de velocidade

Cientistas desenvolveram uma nova fibra ótica que é capaz de alcançar velocidades na casa dos 255 Terabits por segundo. Na prática isso equivale a cerca de 21 vezes a largura de banda que a fibra ótica padrão utilizada no mercado pelas empresas de comunicação atinge atualmente. A nova fibra foi fruto de uma pesquisa realizada na universidade de Eindhoven por pesquisadores da Holanda e da Flórida, nos Estados Unidos, e foi publicado na revista Nature.

Anteriormente o maior recorde alcançado foi de 43 Terabits por segundo, tal marca foi obtida por cientistas dinamarqueses. Já a nova fibra que os pesquisadores criaram, é composta de 7 núcleos distintos, o que permite um maior capacidade de transmitir dados, ou seja mais dados são enviados simultaneamente, com isso é possível alcançar os 255 Tb/s.

Estrutura da nova fibra ótica ultrarrápida

O que é largura de banda?

Numa explicação simplória, podemos definir aqui largura de banda em termos de dados, como o quanto de informação pode ser enviada simultaneamente por um meio físico, o que é diferente de latência, a latência é o tempo que a informação demora. Como uma analogia imagine que você possuí um cano com água, e lança dentro deles pequenas esferas, as esferas demoram um tempo para chegar de uma ponta à outra do cano, esse tempo sempre será o mesmo para essa distância e para a água, porém quanto mais largo o diâmetro do cano, mais esferas poderão ser enviadas de uma vez, isso é o conceito de banda.

A nova fibra ótica ultrarrápida.

A fibra ótica que utilizamos atualmente possuí apenas um núcleo, ao passo que a estrutura da nova fibra possui uma estrutura octogonal que permiti uma maior banda. Mas talvez o ponto mais vantajoso dessa nova fibra seja que, ela possuí as mesmas dimensões da fibra ótica convencional.

As fibras óticas padrão de hoje, chegam a no máximo 100 Gbps. E com essa nova fibra seria possível transmitir 2.550 mais dados de uma única vez. Para se ter uma ideia da dimensão disso, com a nova fibra ótica seria possível trafegar o volume de um 1 TB de dados (Equivalente a um HD externo atual), em apenas ínfimos três décimos de segundo.

Receba outros artigos de Tecnologia em seu email

[wysija_form id=”7″]

A nova descoberta, possuí um potencial de melhorar a internet como um todo, já que os cabos transatlânticos submarinos (cabos que ligam os continentes distribuindo a internet no mundo), que usamos hoje para o funcionamento da internet a nível mundial, usam a fibra ótica padrão com apenas um núcleo, isso quer dizer que é possível transportar apenas o sinal de uma única fonte por vez. Com a descoberta dos pesquisadores, agora será possível transmitir os dados em de sete sinais distintos que caminhariam paralelamente.

Como quase toda pesquisa inovadora, não há prazo definido para que essa tecnologia chegue ao mercado, não obstante o fato de que diversos especialistas admitem que, se o crescimento no consumo de dados continuar a crescer como vem crescendo, os cabos existentes não serão capazes de suprir a demanda de consumo de banda no mundo por muito tempo.

Referencias

  1. R. G. H. van Uden, R. Amezcua Correa, E. Antonio Lopez, F. M. Huijskens, C. Xia, G. Li, A. Schülzgen, H. de Waardt, A. M. J. Koonen, C. M. Okonkwo. Ultra-high-density spatial division multiplexing with a few-mode multicore fibre. Nature Photonics, 2014; DOI: 10.1038/nphoton.2014.243
Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por victor

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Cientistas desenvolveram uma nova fibra ótica que é capaz de alcançar velocidades na casa dos 255 Terabits por segundo. Na prática isso equivale a cerca de