Ciências e Tecnologia » Biologia » O brilho dos escorpiões | Entenda porque os escorpiões brilham no escuro

O brilho dos escorpiões | Entenda porque os escorpiões brilham no escuro

A pesquisa de nome  “scorpion fluorescence and reaction to light”  realizada por Douglas D. Gaffin, Lloyd A. Bummb e Matthew S. Taylor da Universidade de Oklahoma, nos Estados Unidos identificou o motivo do brilho dos escorpiões quando expostos a luz ultravioleta mesmo que esses animais não possam enxerga-la. Para este estudo foram utilizados cem escorpiões Paruroctonus utahensis.

Durante a luz do dia os animais apresentam a coloração comum de acordo com cada espécie: amarelo, preto ou translúcido. Ao serem expostos sob a luz, eles passam a exibir uma coloração fluorescente. O brilho está presente em todas as espécies, inclusive nos exemplares mortos a anos atrás. O estudo publicado na revista Animal Behavior indica que o corpo desses animais funcionaria de maneira parecida a uma espécie de olho, que na verdade sente – e não enxerga – a presença dos raios UV como uma forma de defesa contra possíveis ameaças.

Escorpiões que brilham no escuro

O biólogo Gaffin e sua equipe entenderam que a cauda desses animais seria extremamente sensível a luz que estimula as demais estruturas do corpo do escorpião, que enviam informações para o sistema nervoso e deixam todo o corpo em estado de alerta. Apesar da quantidade de olhos – algumas espécies chegam a ter seis pares – esses aracnídeos não possuem o sentido da visão muito bom. O corpo seria uma forma de detectar a luz ultravioleta e definir melhor o ambiente onde eles estão. O biólogo Gaffin na Universidade de Oklahoma acredita que esses animais tem a capacidade de identificar à luz e transforma-la em pigmentos verdes que facilitam a ‘identificação’ do ambiente.

Porque os escorpiões brilham no escuro?

Como os escorpiões foram coletados no deserto, e em plena escuridão e ainda sim, procuravam esconder-se embaixo de pedras e na pouca vegetação rasteira da região, acredita-se que esses animais fujam da radiação ultravioleta da lua e das estrelas. Os escorpiões cobaias da pesquisa foram submetidos em testes dentro de câmaras escuras e em seguida foram expostos a luz da qual eles tentavam fugir. Gaffin então teve a ideia de cobrir os olhos dos escorpiões com papel alumínio para evitar a incidência direta da luz, mas os escorpiões tentavam fugir da mesma maneira. Por fim, tentaram utilizar o protetor contra raios UV semelhante ao que usamos nas praias e piscinas, o que resultou na desorientação dos animais que posteriormente os levou a morte.

Porque os escorpiões brilham no escuro?

A conclusão dos cientistas é de que o exoesqueleto dos escorpiões revestido de quitina identifica a luz ultravioleta. Agora o próximo passo é tentar reduzir o impacto que a luz causa a esses seres vivos.

Referências

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Thiago Cardoso

Estudante de Engenharia Ambiental Curte viajar pelo Brasil, apreciar e registrar as mais belas imagens naturais do país e conhecer modos de vida diferentes.

Um comentário

  1. Marco Vieira

    Não são todos os escorpiões que fluorescem a luz ultravioleta, escorpiões da familia Chaerilidae Simon nao fluorescem.

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Durante a luz do dia os animais apresentam a coloração comum de acordo com cada espécie: amarelo, preto ou translúcido. Ao serem expostos sob a luz, eles p