Ciências e Tecnologia » Medicina » Homem recebe primeiro transplante de crânio e couro cabeludo

Homem recebe primeiro transplante de crânio e couro cabeludo

Os Médicos dos Estados Unidos conseguiram realizar com sucesso o primeiro transplante de crânio e de couro cabeludo do mundo. James Boysen recebeu o transplante do tecido craniofacial, bem como um transplante de rins e pâncreas.

Boysen ficou surpreso por estar conseguindo se levantar e caminhar em apenas duas semanas após a realização da cirurgia. Ele foi diagnosticado com leiomiossarcoma, um tipo raro de câncer que se desenvolve no músculo. Embora ele ter passado por sessões de quimioterapia e radiação, Boysen ficou com um ferimento na cabeça de 25 centímetros, deixando seu cérebro vulnerável. Para complicar um pouco mais, os rins e o pâncreas de Boysen, que ele recebeu em 1992, estavam parando de funcionar.

O paciente de transplante Jim Boysen em coletiva de imprensa no Hospital Metodista de Houston.

O paciente de transplante Jim Boysen em coletiva de imprensa no Hospital Metodista de Houston.

Porém os médicos não poderiam realizar um transplante duplo de órgãos, se ele ainda tivesse o ferimento aberto na cabeça. Os medicamentos supressores imunológicos que Boysen tomava, impediam que o ferimento da cabeça cicatrizasse.

Dr. Jesse Selber, cirurgião plástico de reconstrução, logo fez uma conexão entre a falha dos rins, o pâncreas de Boysen, a medicação anti-rejeição e a necessidade de reparar o ferimento causado na cabeça. A equipe decidiu então combinar as cirurgias, dando a Boysen um couro cabeludo, um transplante parcial do crânio, bem como um transplante dos rins e do pâncreas.

A cirurgia contou com mais de 50 profissionais da saúde, incluindo cirurgiões plásticos e neurocirurgiões, no qual conseguiram realizar o primeiro transplante parcial de crânio e de couro cabeludo a partir de um doador humano, em vez de um implante artificial ou um enxerto ósseo.

“Esta foi uma cirurgia muito complexa porque tivemos que transplantar tecidos utilizando microcirurgia”, disse o Dr. Michael Klebuc do Hospital Metodista de Houston. “Imagine conectar vasos sanguíneos sob um microscópio com pontos minúsculos com um tamanho da metade do diâmetro de um cabelo humano”.

Boysen recebeu alta do Hospital Metodista de Houston, mas permanecerá em casa com acompanhamento seguido por mais algumas semanas.

“Estou impressionado e estou eternamente grato que eu tenha recebido outra chance de voltar a fazer as coisas que eu amo e estar com as pessoas que amo”,  disse Boysen em um comunicado . Ele disse brincando, “Terei mais cabelo do que eu tinha com 21 anos”.

Referências: BBC, CNN, WashingtonPost, Independent

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Cristian Westphal

Me chamo Cristian Westphal, fundador do projeto Ciência e Astronomia e escritor para o projeto Ciências e Tecnologia. Gaúcho natural de Gravataí (Região metropolitana de Porto Alegre). Um jovem de 19 anos, estudante de Engenharia Química e futuro astrônomo, que conheceu a ciência na sexta série do fundamental atráves do box da Série Cosmos, de Carl Sagan.

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*


Os Médicos dos Estados Unidos conseguiram realizar com sucesso o primeiro transplante de crânio e de couro cabeludo do mundo. A cirurgia ocorreu no Texas.