Ciências e Tecnologia » Física » Usinas nucleares: solução limpa X riscos e problemas caóticos

Usinas nucleares: solução limpa X riscos e problemas caóticos

A energia nuclear é uma das alternativas energéticas mais sustentáveis do planeta. Obtida através do enriquecimento do urânio e outros minerais em usinas nucleares, ela pode se tornar altamente perigosa devido ao alto índice de radiação que esses elementos têm ou passam a ter em sua composição.

Como Funcionam as Usinas Nucleares?

A produção da energia nuclear é, portanto, a modificação da composição do núcleo atômico de um elemento podendo transformar-se em outros elementos. Esse processo ocorre espontaneamente em alguns elementos; em outros deve-se provocar a reação mediante técnicas de bombardeamento de nêutrons.

Nas usinas nucleares o bombardeamento ocorre de forma controlada dentro de um reator nuclear e libera grande quantidade de energia que pode ser empregada para diversos fins.

Vantagens e Desvantagens da Energia Nuclear

As vantagens e desvantagens dessa energia são a causa de grande debate dentro de várias nações pois, pequenas falhas no processo de produção podem trazer prejuízos avassaladores. O uso incorreto e/ou proposital desta fonte de energia em guerras ou disputas territoriais pode destruir países inteiros e levar consequências graves e irreversíveis (dependendo da gravidade do incidente) para todo o mundo.

Usinas Nucleares Riscos e Vantagens da Energia Nuclear

O lado lucrativo dessas usinas nucleares é de exigirem uma pequena área para sua construção (desde que, afastadas de grandes centros urbanos e povoados), e avaliando a situação socioambiental, esta não contribui com gases do efeito estufa, não depende da situação climática da região, os resíduos gerados apresentam-se em quantidades pequenas e a proporção de energia gerada é gigantesca. Por outro lado os poucos resíduos gerados devem ser descartados com extremo cuidado em locais protegidos e isolados, pois esses resíduos emitem radioatividade durante muitos anos. Após encerrada as atividades da usina a área deve ser isolada e inutilizada.

Apesar de tantos cuidados com as usinas nucleares, acidentes na história da humanidade aconteceram em números consideravelmente alarmantes. A pior catástrofe de longe, ocorreu em Chernobyl (1986) na Ucrânia com contaminação em índices muito superiores e muitas vítimas fatais. O desastre de Kyshtym (1957) na Rússia aparece em segundo lugar, seguido de Three Mile Island (1979) nos Estados Unidos e Fukushima em 2011 que ocorreu após um terremoto seguido de um vazamento em um dos reatores da usina.

Acidentes Nucleares Brasileiros

No Brasil já houve um caso de contaminação por material radioativo através do Césio-137. Aconteceu em Goiânia em 1987 devido ao descarte incorreto de um aparelho usado em radioterapias. O instrumento foi encontrado por catadores de um ferro velho do local, que entenderam tratar-se de sucata. Foi desmontado e repassado para terceiros, gerando um rastro de contaminação, o qual afetou seriamente a saúde de centenas de pessoas.

Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Thiago Cardoso

Estudante de Engenharia Ambiental
Curte viajar pelo Brasil, apreciar e registrar as mais belas imagens naturais do país e conhecer modos de vida diferentes.

2 Comentários

  1. Esse acidente não se enquadra em “nuclear”, e sim em “radioativo” apenas. Não tivemos no Brasil nenhum acidente nuclear (ainda) 😛

  2. HeDC.MarceloDC.Desenvolvedor

    A maioria desses “acidentes” são por meio de erros grosseiros…

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

A energia nuclear é uma das alternativas energéticas mais sustentáveis. Obtida através do enriquecimento do urânio e outros minerais em usinas nucleares