Ciências e Tecnologia » Biologia » Venenos mais perigosos e letais do mundo

Venenos mais perigosos e letais do mundo

Tendemos a pensar que venenos são apenas elementos encontrados dentro de uma peça de Shakespeare ou na leitura de um romance de Agatha Christie, ou ainda na seção de venenos para pragas como ratos e insetos do supermercado. No entanto, estas substâncias capazes de nos levar à morte estão à nossa volta, em garrafas limpas sob a pia da cozinha na água que bebemos e até mesmo no nosso sangue. E em muitos casos tais substâncias são inofensivas em pequenas doses e até mesmo são utilizadas como tratamento, o que nos lembra aquela velha frase que diz “A diferença entre o remédio e o veneno é apenas a dose”. Confira abaixo a lista dos venenos mais letais e perigosos do mundo.

A lista do venenos mais letais e perigosos do mundo

Quando falamos em venenos nos referimos a qualquer substância tóxica, seja em estado sólido, líquido ou gasoso, que produza qualquer tipo de dano à saúde, lesão, ou que altere determinadas funções do organismo quanto em contato com algum ser vivo seja por meio de via oral, cutânea, respiratória ou intravenosa.

Essa lista foi elaborada levando em conta não só a dose letal de cada substância, mas também seu histórico e disponibilidade, ou seja muito embora existam venenos muito mais potentes do que o arsênico, ele está nessa lista devido ao fato de sua ocorrência ser comum na maioria dos alimentos que ingerimos diariamente.

Mensurando a dose letal dos venenos

O grau de toxicidade dos venenos é medido por meio de sua dose letal mediana, conhecida como DL50 que é a dose mínima necessária do veneno para matar metade da população de testes, é utilizado como unidade mg/Kg ou seja miligramas da substância por quilo do individuo testado, ocasionalmente se usa µg/Kg ou ainda ng/Kg para se referir a doses em grandezas de micro e nano gramas respectivamente. Há ainda a LC50 que é aplicada para gases.[1]

Ácido cianídrico – Cianeto de hidrogênio

Apesar de seu terrível passado, cianeto tem uma história rica e interessante. Alguns cientistas acreditam que pode ter sido uma das substâncias químicas responsáveis pela vida na Terra. Hoje ele é mais conhecido como o agente da morte, o ingrediente ativo do Zyklon B (Agente a base de ácido cianídrico), que os nazistas usaram para exterminar centenas de milhares de judeus nas câmaras de gás. O cianeto é o produto químico usado nas câmaras de gás de alguns estados dos Estados Unidos na aplicação da pena de morte. Aqueles que tenham estado em contato com ele dizem que ele cheira a amêndoas doces. As mortes causadas por cianeto ocorrem através da ligação às células do sangue, que remove a capacidade delas transportarem oxigênio pelo corpo. A maioria dos estados dos EUA proibiram o uso da câmara de gás, pois é uma morte muito cruel. A morte pode levar vários minutos para ocorrer, e muitas vezes o condenado ficava agonizando por vários minutos numa cena nada agradável.[2]

LC50 (em humanos):

  • 3030 ppm em 1 min
  • 270 ppm em 6–8 min
  • 181 ppm em 10 min
  • 135 ppm em 30 min

O ácido fluorídrico

O ácido fluorídrico é usado principalmente em indústrias para fabricação de aço e até mesmo para a produção de Teflon. Embora exista ácidos muito mais potentes do que o fluorídrico, poucos deles são mais perigosos para os seres humanos. Em sua forma gasosa pode facilmente queimar seus olhos e pulmões, já na forma líquida é particularmente traiçoeiro. Quando em contato com a carne humana inicialmente não produz qualquer dor, e é justamente onde reside o perigo. Se não dói, significa que os indivíduos podem estar em risco grave e nem sequer perceberem isso. Penetra através da pele para a corrente sanguínea, onde ele reage com o cálcio, causando destruição óssea além de severas queimaduras e danos aos tecidos.

  • LD50: 25 mg/Kg
  • LC50 (em ratos): 1276 ppm/1hora

Batracotoxina

Rã Dourada - Phyllobates terribilis - Batracotoxina - Lista dos venenos mais letais e perigosos do mundo

Phyllobates terribilis

Felizmente para a maioria de nós, a possibilidade de contato batracotoxina é extremamente pequena. É uma das neurotoxinas mais potentes do mundo e é encontrada na pele de pequenas rãs venenosas. Essas rãs não produzem o veneno por si próprias, ele é criado a partir de elementos de sua alimentação, acredita-se que principalmente de pequenos besouros. Existem várias versões diferentes, dependendo da espécie, porém a mais perigosa é a rã dourada da Colômbia – Phyllobates terribilis. Esta ínfima criatura é pequena o suficiente para caber na ponta de um dedo, porém produz batracotoxina o suficiente para matar cerca de 20 pessoas, ou um par de elefantes. A toxina ataca o sistema nervoso, abrindo canais de sódio, causando paralisia. Não há antídoto conhecido e morte ocorre rapidamente.[3]

DL50 (via cutânea): 1 a 2 µg/Kg

O Gás  VX

Desde da Convenção sobre Armas Químicas de 1993 os estoques globais desse tipo de arma química estão sendo eliminados. Dentre as proibições contidas está o gás VX. Trata-se do agente neurotóxico mais poderoso do mundo. Ele foi descoberto por acaso, em 1952, durante as experiências com organofosforados, e rapidamente apreciado por seu potencial letal. Originalmente ele foi lançado como um pesticida chamado Amiton, mas foi retirado de venda porque era muito perigoso para a sociedade. Então logo atraiu a atenção de vários governos ao redor do mundo, e durante a Guerra Fria, foi armazenado para uso como potencial arma de guerra. Felizmente, o gás VX nunca foi usado em combate. Os primeiros sintomas de exposição percutânea (contato com a pele) são espasmos musculares, irritação, ardor ou suor na área de exposição.

Alguns dos primeiros sintomas que ocorrem após inalação VX podem ser coriza (nariz escorrendo), sensação de aperto no peito com falta de ar (broncoespasmo), tosse, dor de cabeça, náuseas, vômitos, perda de coordenação e até mesmo a morte . O VX pode danificar o sistema nervoso, causando dormência, formigamento ou fraqueza nas mãos e nos pés.

O VX é o agente neurotóxico mais potente que já foi sintetizado e um dos venenos mais temido como arma química. Estima-se que a dose letal (DL50) para os seres humanos é de cerca de 10 mg/Kg por meio de contato com a pele, e inalação LCt50 em um número estimado de 30 a 50 mg·min/ m³.

  • DL50 (via cutânea): 10 mg/Kg
  • LC50: 50 mg·min/ m³

Agente Laranja

Foi fornecida pelas empresas Dow Chemical e Monsanto para o exército americano durante a Guerra do Vietnã para destruir a vegetação em que os soldados inimigos se refugiaram. Infelizmente, além de matar as plantas, como herbicida, contém uma substância química chamada dioxina TCDD, um conhecido agente cancerígeno, o que provoca um aumento significativo nos casos de câncer, principalmente linfoma. Além disso, dezenas de milhares de crianças vietnamitas morreram ou sofreram defeitos congênitos, como lábio leporino e dedos mais, e retardo mental. Vietnã hoje ainda é muito contaminada pelo veneno[4].

DL50 (em ratos): 1 µg/Kg

Ricina

Produzido a partir da mamona, a ricina é um dos venenos mais letais conhecidos. Uma dose de aproximadamente o tamanho de um grão de sal é suficiente para matar um adulto. Funciona parando a produção de proteínas necessárias para a sobrevivência e deixa a vítima em estado de choque. Devido à facilidade de produção, a ricina foi usada como arma por muitos governos ao redor do mundo. Em 1978, o dissidente búlgaro Georgi Markov foi assassinado nas ruas de Londres ao ser furado pela ponta de um guarda-chuva que continha esse veneno. Acredita-se que a KGB foi responsável por este assassinato, utilizando para isso um agente secreto búlgaro. A atriz americana Shannon Guess Richardson, foi condenada no Texas, a 18 anos de prisão por enviar cartas envenenadas com ricina ao presidente Barack Obama, ao então prefeito de Nova York.

Uma exposição a quantidades razoáveis de ricina pode causar sérios danos a órgãos e provocar a morte. Doses inaladas ou injetadas de 500 microgramas podem levar a morte. Os sintomas de envenenamento por ricina podem aparecer de 6 a 8 horas após a exposição. A enfermidade causada por esse veneno pode durar dias ou semanas.

DL50 via oral: 1.78 mg via oral e 22 µg/Kg intravenosa/respiratória

Arsênico

Arsênico - Elemento Venenoso

O arsênico é um metaloide que tem sido usada há séculos em muitos setores, desde a forja de armas para a produção de cosméticos durante a era vitoriana (quando as mulheres consideravam que a palidez era sinônimo de alta classe). Na Idade Média, haviam muitos assassinatos com arsênico, uma vez que os sintomas de envenenamento são semelhantes aos da cólera, doença muito comum naqueles anos. Ele afeta as enzimas conhecidas como ATP nas células humanas, interrompendo a transferência de energia. Em altas concentrações, arsênico causa distúrbios gastrintestinais, convulsões, coma e morte. No entanto, o arsênico é comum em estado natural e o ingerimos quase que diariamente. A ingestão diária de 12 a 15 μg não causa problemas com a dieta diária de carne, peixe, legumes e cereais, peixes e crustáceos são ricos em mais arsênico, geralmente na forma de arsenobetaine menos tóxica do que  arsênico inorgânico.

DL50: 22 mg/Kg

Chumbo

O chumbo é um dos primeiros metais utilizados pela humanidade desde que se prove que derreteu mais de 8.000 anos atrás. Mas até algumas décadas atrás não se tinha ideia do quão venenos ele é. O Chumbo afeta todos os órgãos do corpo humano e por isso se enquadra na categoria de venenos. O envenenamento produz sintomas que vão desde diarreia a retardo mental. As crianças são particularmente mais suscetíveis, este veneno provoca danos neurológicos permanentes durante o desenvolvimento fetal. Pessoas com casos de intoxicação por chumbo têm uma maior propensão para realizar atos violentos. Muitos criminologistas acreditam que houve uma diminuição dos crimes violentos desde que a regular a exposição ao chumbo foi regulamentada.

DL50 (em humanos): 105 mg/Kg

Strychnine

O alcalóide estricnina obtido a partir das sementes da árvore Strychnos vómica, é uma substância utilizada como um pesticida, particularmente contra roedores. A Morte causada por estricnina é dolorosa, pois se trata de uma neurotoxina que afeta os nervos da coluna vertebral, fazendo com que o corpo seja distorcido por espasmos que ocorrem quando os músculos são comprimidos involuntariamente. Com uma DL50 relativamente alta é um dos venenos mais potentes da natureza.

DL50: 0,16 mg / kg em ratos, 1 a 2 mg/kg via oral em humanos

Toxinas botulínicas – Venenos ou remédios?

Embora algumas dessas toxinas sejam usadas na indústria farmacêutica em cosméticos (o popular botox), As toxinas botulínicas estão entre os venenos mais potentes e perigosos do mundo. Doses não letais aplicadas em roedores paralisam os membro afetado por meses. A seletividade excelente destas toxinas para certos tipos de células do corpo humano é notável, mas também significa que muitas espécies (incluindo os invertebrados) não são afetados por elas. Os sintomas das toxinas bucólicas vão desde de paralisia progressiva  – principalmente paralisia dos músculos respiratórios- levando á falta de ar. Não tem tratamento.

DL50:  5 ng/kg

Referências

  1. U.S. DEPARTMENT OF HEALTH AND HUMAN SERVICES. Registry of toxic effects of chemical substances: COMPREHENSIVE GUIDE TO THE RTECS. Versão 45226. Ohio, 1997. Disponível em: <http://www.cdc.gov/niosh/pdfs/97-119-a.pdf>. Acesso em: 11 set. 2014.
  2. U.S NATIONAL LIBRARY OF MEDICINE. Hydrogen cyanide [iso]: Similar structures search, synonyms, formulas, resource links, and other chemical information. , 2014. Disponível em: <http://chem.sis.nlm.nih.gov/chemidplus/rn/74-90-8>. Acesso em: 11 set. 2014.
  3. TOKUYAMA, Takashi; DALY, John; KARLE, Isabella L.. The structure of batrachotoxinin a, a novel steroidal alkaloid from the columbian arrow poison frog, phyllobates aurotaenia. Journal of american chemical society. Washington, D.c., 01 mar. 1968. Doi: 10.1021/ja01009a052
  4. FARBEROV, Snejana. Generation orange: Heartbreaking portraits of Vietnamese children suffering from devastating effects of toxic herbicide sprayed by US Army 40 years ago. Daily mail. Londres, 24 jul. 2013.
  5. G1. Atriz que enviou cartas envenenadas a obama é condenada a 18 anos. São Paulo, Globo, 2014. Disponível em: <http://g1.globo.com/mundo/noticia/2014/07/atriz-que-enviou-cartas-envenenadas-obama-e-condenada-18-anos.html>. Acesso em: 15 set. 2014.
Compartilhe issoShare on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestShare on StumbleUponShare on LinkedInShare on RedditEmail this to someoneShare on Google+

Escrito por Larissa Souza

Bióloga apaixonada por insetos e plantas desde pequena ama a vida em todas as suas formas.

Um comentário

  1. Willy Magnus Sorken

    Den reneste og mest effektive giften jeg har hatt erfaring med i over 30 år,pga narkovenner, er Heroin. Jeg har sett ca. 20-25 mennesker dø av overdose,de var i alderen 27 til 45.Fra de stakk nålen inn i åren,og til de døde,tok det ofte kun noen sekunder. De var slitne i kroppen,immunforsvaret var på lavmål,noen hadde kreft eller hjertesvikt.Og de døde!! Å se dem dø pga narko er/var vondt,MEN det var faktisk vondere å se dem prøve å leve uten narko! Hvorfor kan ikke USA avlive folk med Heroin,i stedet for å sette: Et barbiturat som skal sørge for at fangen mister bevisstheten,
    Et curareliknende stoff som lammer åndedrettsmusklene.
    Og kaliumklorid som stopper hjertet. Hadde de heller satt en sprøyte med ca ett halvt gram ren Heroin,(0,25 er ofte nok) da hadde fangen vært død før de hadde rukket å trekke ut nåla!

Seu comentário é bem vindo

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Os venenos mais letais e perigoso do mundo e suas taxas de letalidade, venenos como a Ricina, Cianeto, Toxinas botulínicas, Arsênico, Batracotoxina, Gás VX